Nossos

Nossa História

Banner

Conheça nossa história
Valdenir, hoje conhecido como Mellinho, teve seu primeiro emprego de carteira assinada antes de servir ao exército. Sua função era de empregado doméstico.
No ano de 1985, Valdenir foi selecionado para servir ao exercito brasileiro, servindo durante um ano no 3º BI em São Gonçalo, no pelotão COBRA da 1ª Compahia, que tinha como nome de guerra " É a hora".
Após à baixa no quartel, iniciando sua vida fora do exército, fomou um time de futebol e a esse time deu o mesmo nome de guerra que o acompanhou no quartel, " É a hora". O time foi crescendo e se preparando para participar de campeonatos, veio então a necessidade de colocar outros jogadores mais qualificados. Os novos integrantes não gostaram muito do nome do time, e decidiram por um nome que se incorporasse melhor na sociedade. Então, o time passou a se chamar " Sociedade Futebol Clube".
Para entrar em um campeonato o time teria que pagar e os integrantes eram jovens, recém saídos do exército e desempregados. Surgiu a idéia de realizar uma festa junina com a finalidade de arrecadar fundos para poder pagar a participação do time no campeonato. A festa seria realizada no dia 24 de julho de 1987 no bairro de Maceió (Largo da Batalha - Pendotiba) na cidade de Niteroi - RJ.
Era a primeira vez que realizaríamos uma festa. Ninguém tinha experiência em organização de eventos e nem possuiam habilidades. Como precisávamos do dinheiro, fizemos a festa com a cara e a coragem.

Chegando o dia da festa, que decepção! Não tinha público, seria um fracasso total!
O Valdenir lembrou que um colega tinha uma calça larga de palhaço e teve a idéia de se vestir de palhaço e fazer umas brincadeiras típicas da época (dança da cadeira, dança da laranja). Pediu ao locutor que anunciasse que no dia seguinte teria um palhaço na festa. O locutor perguntou qual era o nome do palhaço, Valdenir pego de surpresa, lembrou que era conhecido como soldado Mello e decidiu então usar o diminutivo, chamando o palhaço de "Mellinho". Valdenir não sabia que era esse o caminho que o futuro estava reservando para ele.
O Desafio

No dia seguinte, às 9 horas da manhã, cerca de 300 crianças esperavam pelo palhaço Mellinho. Um palhaço que não existia, e que foi inventado sem prentensão. (foto)
Nesse dia o Mellinho usou o primeiro LP da Xuxa e surgiu também um karaokê que foi um sucesso entre as crianças, e isso o fez gostar de trabalhar com crianças.
No dia 12 de outubro (dia das crianças) e no dia 25 de dezembro ( Natal) do mesmo ano, foram realizados mais esses eventos no mesmo bairro. Foi assim, com esses três eventos, o início da trajetória do Mellinho.

No ano seguinte (1988) Mellinho realizou uma única festa "dia das das crianças", festa marcada pela dificuldade na aquisição de lembrancinhas e brinquedos, listas foram passadas aos comerciantes e moradores que propiciaram a todas as crianças receberem o seu brinquedinho.
Muitas pessoas ao perceberem minha desenvoltura com as crianças, me perguntavam por que eu não me dedicava a esse tipo de mercado, e me incentivavam para que eu desse sequência a esse trabalho.

O Sonho Torna-se
Realidade
No ano de 1989, no mês de julho, Mello teve a idéia de montar uma empresa, houve sugestão de três nomes: "Mellinho e Cia", "Mellinho e seus amigos", e "Pipoca e Cia", esse último fora dado por causa do palhaço Pipoca que era irmão do Mellinho, e "Mellinho e seus Amigos" que fora dado pelo próprio Mello, o mais motivado em dar continuidade a um sonho. O nome Mellinho e seus amigos fora escolhido.

O primeiro trabalho do Grupo Mellinho e seus amigos foi no dia 09/07/89 em Taquara. O grupo não tinha estrutura sólida, o pouco que ganhava era a conta de pagar os funcionários e o que sobrava no final era a passagem para voltar para casa. Os funcionários tinham sempre a preferência, essa era a filosofia presente desde o início da fundação da empresa. Nesse primeiro evento, a festa acabou por volta de 0:00 horas e 1 hora depois chegávamos ao ponto de ônibus. Embora o trabalho tivesse sido muito gratificante, a volta p'ra casa foi um desastre, sem ônibus circulando naquele lugar, nosso grupo ficou até às 5:00 horas da manhã no sereno a espera de um ônibus para retornar. Isso causou um pouco de desânimo, reclamações e desconfiança por parte dos funcionários que temiam pelas festas futuras. Ainda assim, o Mellinho não desanimou, os obstáculos eram grandes, e iam sendo vencidos e a empresa ia alcançando seus objetivos.
Nesse ano ainda de 1989 - foram realizados - 9 eventos, e
o Mellinho sempre registrava todos os eventos que o grupo fazia.

Desenvoltura da empresa

No ano de 1990 - 46 eventos
No ano de 1991 - 51 eventos
No ano de 1992 - 65 eventos
No ano de 1993 - 55 eventos
No ano de 1994 - 45 eventos
No ano de 1995 - 13 eventos

De repente:
"o fundo do poço"
Como pode-se notar o grupo Mellinho e seus Amigos ao invés de crescer, regridiu nos anos 92, 93, 94 e 95. Havia alguma coisa errada, o Mellinho ficou desempregado da outra atividade que exercia, e sua esposa e mais dois filhos estavam nesse período passando uma grande tribulação. Sem saída, e vendo seus sonhos serem destruídos, Mellinho começou a buscar uma solução, e a primeira coisa que fez foi se aproximar de Deus, abandonou sua antiga religião que pouco lhe ensinara a respeito da intimidade com Deus, e se converteu ao cristianismo em 1996.
A Virada
Foi nesse ano (1996) que tudo começou a mudar, quanto mais Mellinho se aproximava de Deus,
mais se fortalecia, mais se motivava a continuar.
Nessa nova fase, vimos a coroação de Deus fazendo o sonho tornar-se realidade e causando uma
grande afinidade entre a empresa Mellinho e seus Amigos com os clientes.
Agradecimento
O Mellinho agradece a Deus em 1º lugar, a família, sua esposa e seus dois filhos, a todos os funcionários, aos que passaram por sua empresa, até mesmo aos que sairam para montar seu próprio grupo de animação com o aprendizado adquirido conosco.
Só chegamos até aqui, e nos tornamos uma empresa com forte atuação no mercado, porque pudemos contar com uma equipe que trabalhou e ajudou muito, equipe que de forma recíproca, foi ajudada e apoiada pela grande família "Mellinho e seus Amigos". Mellinho constuma dizer que não tem funcionários, tem amigos.
Agradecemos aos clientes e amigos que ajudaram nossa empresa a chegar onde está, e pela confiança em nosso trabalho, pela sua escolha ao nos contratar para animar sua festa.
                                                                       Que a paz do Senhor esteja com todos vocês.
 
CONHEÇA NOSSA ESTRUTURA
 

Setor administrativo do Mellinho e seus amigos

     
 
Compromisso com você.

Quero um Orçamento

Galeria de fotos